Art Módulo

NEWSLETTER

Barreiras vegetais funcionam como barreiras acústicas?

Barreiras vegetais funcionam como barreiras acústicas?

 A escolha das espécies vegetais, levando-se em conta o porte, a distribuição, a frondosidade e uma extensão significativa (superior a 30 metros) de área verde, determinará os níveis de atenuação sonora por inserção de uma barreira acústica vegetação. De forma geral, folhagem, pequenos ramos e arbustos absorvem o som, enquanto troncos, ramos grandes e folhagem densa espalham o som. Dessa forma, um cinturão verde localizado entre uma construção e a fonte sonora de incômodo, como uma avenida de tráfego intenso, por exemplo, funcionará como um elemento vazado, podendo absorver, mas não isolar o som. Na maioria dos casos, um cinturão verde não proporciona redução sonora eficaz, como ocorre com uma barreira formada por muros ou elementos construtivos fechados e densos (massa específica mínima de 20 kg/m²). A barreira vegetal se torna mais visual que sonora, funcionando de maneira psicoacústica, ou seja, escondendo visualmente a fonte de ruídos, o que proporciona a redução da sensação de incômodo sonoro.

 

Fonte: Audium - Excelência em áudio e acústica (www.audium.com.br)